NOTÍCIAS

Consórcio é uma boa opção

29/07/2014

O consorcio imobiliário tem se mostrado uma boa opção para quem deseja programar a compra da casa própria ou aumentar o patrimônio. No Brasil existem 70 administradoras de consórcios operantes no segmento imobiliário.

No primeiro semestre o ano, o volume de crédito comercializado no país chegou a R$ 8,9 bilhões, com crescimento de 1,9% no número de participantes no mês de junho, com 701 consorciados ante 688 mil consorciados no mesmo período em 2013.

Apesar da retração de 11% no volume de crédito comercializado – que baixou mais que 1 bilhão em relação aos R$ 1 bilhões registrados o primeiro semestre do ano passado – o valor de ticket médio das cotas subiu 11,5% passando de R$ 110,5 mil em junho de 2013 para R$  123,2 mil este ano, o que demonstra o ajuste ao mercado e aos preços dos imóveis, aponta o presidente da Associação Brasileira das Administradoras de Consórcios, Paulo Roberto Rossi.

Na análise do executivo, a retração no volume de cotas negociadas é reflexo da redução de dias trabalhados no período, em decorrência dos eventos esportivos e feriados. “Tivemos um semestre atípico. Outro fator é o momento econômico desfavorável, com a menor intenção de consumo registrado desde agosto de 2009”, reflete.

Rossi também inclui na lista a inflação recorrente, que diminui o poder de compra dos consumidores. Além disso, historicamente, o primeiro semestre costuma ter um desempenho inferior em relação ao segundo e a tendência é a recuperação a partir de agora. “o mau humor do consumidor deve mudar. A perspectiva e de melhora no controle do orçamento e de aumento de interesse nas compras pensadas a médio e longo prazo”, espera.

Diferentemente do consórcio de automóvel ou outros bens, a referência do consórcio imobiliário é o credito e não o bem, o que faz com que a aquisição de cotas seja planejada, levando-se em consideração o tempo até a contemplação, encerramento do grupo e possibilidade de lance.

“No passado, os planos eram de até 100 meses e agora há grupos de 150 e até 200 meses”, informa o presidente da ABAC. Além da parcela que se encaixam no bolso o consorciado, prazos maiores permitem refletir sobre a compra do imóvel, eu pode ser um upgrade ou uma propriedade de veraneio.  Até oferecer o lance o consorciado se programa para a compra do imóvel.

Outras vantagens dos planos são os custos reduzidos e a possibilidade de uso do FGTS. Somente no primeiro semestre, 35,4 mil consorciados foram contemplados e o sistema e consorcio liberou R$ 3,4 bilhões em volume de crédito, montante estável em relação ao mesmo período do ano passado.

De acordo com um levantamento da ABAC, o perfil do consorciado aponta que 51% têm entre 30 e 49 anos, 36% acima de 50 anos e 14% tem até 29 anos. A maioria 82% é casada e 71% são do gênero masculino.  “A tendência é o forte crescimento da participação do público feminino, já que a sociedade está mudando. Hoje, muitos lares são chefiados por mulheres”, diz.

FAÇA SEU CONSÓRCIO AQUI Entre em
contato